Temporada de liquidação: 4 dicas para lucrar

Depois da época de Natal, é comum os consumidores procurarem pela temporada de liquidação nas lojas físicas e nas virtuais. Nesse período, as pessoas vêem uma grande oportunidade de fazer compras. 

Alguns aproveitam os primeiros dias para encontrar o produto que tanto desejam a um preço mais baixo, outros esperam mais algumas semanas para se beneficiar com os melhores descontos.

Sem dúvida, promover uma liquidação é uma boa oportunidade de eliminar o estoque excedente, para dar lugar aos produtos da nova temporada. Por ser um período desejado por muitos consumidores, é conveniente ter uma estratégia para realizar a campanha de liquidação. 

O planejamento correto envolve diversificar os canais de vendas, bem como definir uma política de descontos e analisar os dados de vendas de anos anteriores. A seguir, algumas dicas para você lucrar com a temporada de liquidação.

1 – Faça um bom planejamento

Antes de iniciar a temporada de liquidação, você deve planejar bem suas vendas para que a quantidade de itens com desconto seja a ideal. O segredo está no nível de estoque, nem muito, nem pouco. Também é útil prever as vendas que você espera obter.

Os consumidores percebem quando as lojas exibem itens especialmente preparados para venda que antes não estavam nas prateleiras. Portanto, a mercadoria deve ser a mesma que sua loja tinha antes do início do período. Saiba que é importante ser honesto com seus clientes.

Além disso, é fundamental realizar um cálculo para saber a quantidade de clientes que você deseja atrair e o número de pessoas que precisará em sua equipe para desenvolver uma campanha lucrativa.

Por último, nesta fase, não se esqueça da comunicação. Pense em como fazer, quais os meios mais adequados para chegar aos consumidores e o investimento necessário. O  design é uma parte importante desta comunicação: cartazes, etiquetas, panfletos, anúncios, etc.

2 – Entre no clima de liquidação

Durante todo o período de liquidação, a loja deve transmitir a mensagem de que está liquidando. Desde a vitrine, passando pela sinalização e cores, até a organização dos produtos, tudo deve estar focado nesse objetivo. 

Assim sendo, é conveniente procurar os  pontos quentes da sua loja para colocar os itens que você tem mais interesse em vender. Certamente, aproveitar os espaços onde os clientes mais circulam pode aumentar as vendas.

Além disso, considere que muitas pessoas que entrarem em suas instalações podem não se tornarem clientes para o resto do ano. Portanto, é uma oportunidade de iniciar sua estratégia de fidelização. Assim você abre a possibilidade de estabelecer uma relação duradoura com eles.

3 – Garanta o melhor atendimento

Então, garanta um bom atendimento dos vendedores e dos caixas, tendo em vista os horários que mais clientes entram na loja. Oferecer uma boa experiência para os clientes é algo que você não deve ignorar.

Também verifique se cada item apresenta o preço anterior e o preço reduzido. Não se esqueça que tanto o site da sua loja quanto as redes sociais são uma ótima vitrine para expor e mostrar os descontos vigentes no período de liquidação.

4 – Pós-venda na temporada de liquidação

Após as vendas, reserve um tempo para analisar os resultados obtidos. Os balanços são muito importantes porque contabilizam as vendas, os lucros, os custos extras, a quantidade de itens vendidos ou o estoque restante que ficará para outras campanhas, para um outlet ou outras promoções de vendas. 

Mas preste atenção também nos dados que foram coletados: quantos novos clientes passaram pela sua loja, quais dias foram os preferidos, quais meios de comunicação funcionaram melhor para atrair clientes, entre outras questões.

Conclusão

Por fim, não há truque para liquidar seus produtos em poucos dias e lucrar nessa temporada. O que você pode fazer é agilizar as vendas executando várias estratégias ao mesmo tempo. É uma questão de ação-reação. 

É verdade que você poderia potencializar suas ações se estivesse trabalhando no seu marketing durante todo o ano, focando em aquisição, retenção e fidelização de clientes. Mas, nunca é tarde para começar!

Deixe um comentário